Terça-feira, 12 de Julho de 2011

Sobre a petição «José e Pilar aos Óscares»

 

Entre tanto apoio que encontramos em relação a este movimento, encontramos porventura também algumas críticas mais aguerridas acerca da utilidade desta petição. Contra essas não temos nada contra, até porque é salutar existir esta diferença de opiniões e de qualquer forma fala-se de nós, mas na verdade, parte dessas críticas estão assentes no desconhecimento das intenções da mesma, que uma rápida leitura do manifesto da petição ajudaria.

 

Sobre José e Pilar nos Óscares.

Quando demos o nome «José e Pilar aos Óscares» sabíamos de antemão que poderia originar algumas dúvidas, contudo quando direccionámos o conteúdo da mesma ao Instituto do Cinema e Audiovisual (ICA) e não à Academia norte-americana de Artes e Ciências Cinematográficas, penso que explicámos de imediato qual o seu objectivo. Esta petição não pretende sensibilizar a Academia norte-americana para que coloque o filme José e Pilar entre os cinco nomeados ao Óscar de Melhor Filme Estrangeiro, até porque não temos qualquer poder ou influência nesse caso e, de qualquer modo, acredito que o filme valerá por si, se chegar a essa fase.

 

Para quem não sabe e voltando ao assunto que já falámos várias vezes, todos os anos cada país indica um filme seu como representante do seu país na Academia, na categoria de Filme Estrangeiro. Cada país só tem direito a submeter um filme para os Óscares (ao contrário dos Globos de Ouro, onde na lista se incluem mais que um filme com a mesma nacionalidade). À falta de uma Academia de Cinema portuguesa (que na realidade já está instituída), a responsabilidade dessa indicação é o ICA. Todos os anos é reunida a Comissão de Selecção do Filme Português Candidato ao Prémio Anual para Melhor Filme em Língua Estrangeira, cuja comissão terá como base de trabalho a lista de filmes estreados no período elegível, bem como os critérios da Academia. A decisão é dada a conhecer algures entre o final de Agosto e início de Setembro.

 

Dado o carácter local desta comissão, é precisamente a ela que esta petição se dirige. Não com o intuito de criticar as suas decisões anteriores, mas sobretudo de ajudar com argumentos plausíveis acerca da eventual submissão do filme José e Pilar e especialmente demonstrar que o povo português está interessado em ter parte activa nesta indicação. Ao contrário do pensado, afinal temos pessoas no nosso país que realmente se interessam e - valor do prémio à parte - reconhecem que esta seria uma forma de prestigiar o nosso país lá fora e logo em algo tão mediático como os Óscares.

 

Porquê Melhor Filme Estrangeiro e não Melhor Documentário?

Umas primeiras coisas que abordámos neste blogue foi precisamente a dúvida que mais pessoas tinham: «É possível um documentário ser nomeado ao Óscar de Melhor Filme Estrangeiro?». A resposta foi obviamente um claro e sonoro SIM e poderão ler a resposta no link atrás. Quando criámos esta petição através do Split Screen, tivémos de pensar muito bem no que estávamos a fazer e não criar algo utópico. Se a criámos é porque, efectivamente, verificámos todas as potencialidades do filme, bem como o nosso raio de actuação possível, tendo em conta as regras da Academia. A única influência que eventualmente poderemos ter é junto do ICA e na submissão do filme como candidato português. O resto não é da nossa responsabilidade e a última palavra será sempre a da Academia norte-americana.

 

E porque não para Melhor Documentário? Conforme já explicámos anteriormente, um dos factores que possibilita uma eventual nomeação de José e Pilar à categoria de Melhor Filme Estrangeiro é que apenas exige que este seja exibido no seu próprio país entre 1 de Outubro de 2010 e 30 de Setembro de 2011. Esta é a única categoria entre todas as dos Óscares que não exige uma exibição do filme nos Estados Unidos, requisito essencial para todas as outras. É verdade que gostaríamos imenso que José e Pilar fosse nomeado a Melhor Documentário. É bastante frequente documentários estrangeiros serem nomeados a esta categoria (caso da co-produção brasileira Waste Land nos Óscares 2011), mas para tal acontecer, o filme terá de estrear pelo menos uma semana nos Estados Unidos, até 31 de Dezembro de 2011 para poder ser nomeado como Melhor Documentário. Tal ainda não aconteceu e não sabemos se acontecerá ainda este ano. Esperamos que sim, mas nós enquanto movimento não temos qualquer influência nisso.

 

Acreditamos realmente na utilidade desta petição?

Sim. Reconhecemos que temos uma tarefa árdua pela frente. Costumo dizer que é uma espécie de batalha entre David & Golias, mas se numa semana de petição superámos as mil assinaturas e chegámos a figuras públicas como Manuel Halpern, Nuno Markl, Ana Galvão, Gonçalo Santana, entre outros; fomos citados em diversos locais da blogosfera, elogiados pela produtora do filme (e até por Pilar) e figurámos inclusive numa crónica do jornal Expresso. A petição poderá, no fim de contas, não ter o efeito desejado, mas acreditamos que mudará algumas mentalidades, que evidenciará o papel activo que os espectadores têm na promoção de um filme, que poderá mudar alguma coisa no cinema em Portugal. O mérito não é nosso. É com certeza, do realizador Miguel Gonçalves Mendes, da JumpCut, de José Saramago e Pilar del Río. Mérito do amor.

 

 

Continuaremos a divulgar esta petição e convidar todos a fazerem-no. Assinem-na, divulguem-na! ASSINA A PETIÇÃO AQUI! [Já superámos os 1300 assinantes!]

publicado por Petição às 13:15
link do post | comentar | favorito

Assine a petição

Petição

Esta página surge associada a uma petição pública que pretende sensibilizar o Instituto do Cinema e Audiovisual (ICA) para a escolha do documentário “José e Pilar” como candidato português à categoria de Melhor Filme Estrangeiro, na edição dos Óscares de 2012. Este é um movimento independente, de fãs e admiradores do filme, que têm particular confiança e respeito pelo seu potencial, que se sente verdadeiramente comovido pela sua imensa força emocional, humanista, motivadora.

Siga-nos

Ligações

Arquivo

Janeiro 2012

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Pesquisa

subscrever feeds